Cirurgia Laser - Obtenha todas as informações

O que é a Cirurgia Ocular a Laser?

Desenho esquemático do olho humano em corte sagital

A cirurgia ocular a laser é uma técnica cirúrgica utilizada para a correção dos erros refracionais (miopia, hipermetropia, astigmatismo e presbiopia ou vista cansada), através da alteração da curvatura da córnea.

A cirurgia é realizada com um tipo específico de Laser, denominado Excimer.

Precisos feixes de laser são aplicados sobre a córnea (camada transparente, mais superficial do olho) com o objetivo de remodelar a óptica ocular, proporcionando uma visão mais nítida.

Qual a diferença entre miopia, hipermetropia, astigmatismo e presbiopia ou vista cansada?

Tanto a miopia, quanto a hipermetropia, astigmatismo e a presbiopia podem ser atualmente corrigidos com as técnicas de cirurgia a laser. No paciente emétrope (visão normal) a imagem é nítida pois os raios de luz atingem a retina, coincidindo sobre um mesmo ponto.

Na presença de uma ametropia (miopia, hipermetropia, astigmatismo e presbiopia), os raios de luz se formam em um ponto diferente da retina e a imagem formada fica embaçada. O laser funciona esculpindo a córnea e mudando sua curvatura, para que os raios de luz incidam sobre retina.

Miopia = visão ruim para longe. Nesse caso, o laser irá aplanar a córnea.
Hipermetropia = visão ruim para perto e muitas vezes também ruim para longe. Nesse caso, o laser irá encurvar o centro da córnea.
Astigmatismo = imagem distorcida tanto para longe quanto para perto.O laser irá corrigir as irregularidades da córnea.
Presbiopia = popularmente conhecida como “vista cansada”. A visão torna-se ruim para leitura de perto. A presbiopia inicia-se após os 40 anos de idade, pois está diretamente relacionada à idade.

Sou um bom candidato à cirurgia a laser ?

Para a análise dos candidatos à cirurgia a laser, é necessário um exame oftalmológico completo, o qual deverá ser realizado por um especialista em cirurgia a laser.

Para um ótimo resultado, é necessário o preenchimento de alguns critérios de segurança como:

• Idade superior a 18 anos
• Ausência de doenças oculares
• Estabilidade relativa do grau
(mudança menor que 0.50 dioptrias em um intervalo de 1 ano).
• Ausência de gravidez

Além disso deverão ser feitos alguns exames específicos para se avaliar a eficácia e segurança do procedimento em cada caso.

Os principais exames pré-operatórios são:

• Refratometria: medida do grau
• Tonometria: medida da pressão intra-ocular
• Mapeamento de Retina: avaliação do fundo de olho
Pupilometria: medida do diametro pupilar
• Topografia: medida da curvatura da córnea
• Paquimetria: medida da espessura da córnea
• Tomografia (Orsbscan, Pentacam, Galilei ou OCT): medida detalhada da córnea e segmento anterior.
• Wavefront: medida das aberrações oculares

Como é feita a cirurgia a laser? É necessário internação?

A cirurgia é realizada sob anestesia tópica (colírio) e leva em média 15 minutos por olho.

Não é necessária internação antes ou após a cirurgia e os pacientes são liberados imediatamente após a cirurgia. Não é necessário jejum, dieta, exames de sangue ou medicamentos antes da cirurgia.

Como proceder durante a cirurgia laser?

O paciente irá deitar-se de forma confortável e seu medico irá orientando-o durante todas as etapas. É utilizado um equipamento especial para manter os olhos abertos, bem como um encaixe de cabeça que mantem a mesma na posição correta.

O paciente observará uma luz piscando e ficará olhando para a mesma durante a aplicação do laser. Os novos modelos de laser contam com a tecnologia de Eye Tracker (que acompanha qualquer micro-movimentação dos olhos).

Portanto, não se preocupe com a movimentação involuntária dos olhos durante a cirurgia, pois as mesmas são automaticamente compensadas durante a cirurgia.

A cirurgia dói?

A cirurgia é realizada somente com anestésicos tópicos (colírio) e os pacientes não sentem dor durante a cirurgia.

Existe algum risco?

A cirurgia a laser, como qualquer cirurgia, envolve potenciais riscos. Porém, quando a cirurgia é bem indicada, por profissionais especializados no assunto e realizada com equipamentos de última geração, as chances de complicações são mínimas.

Quais as diferentes técnicas para correção a Laser?

Ilustração LASIK:
Correção a Laser pela técnica LASIK CRIAÇÃO DA LAMELA CORNEANACorreção a Laser pela técnica LASIK


Ilustração PRK:
Correção a Laser pela técnica PRKCorreção a Laser pela técnica PRK

Ilustração I-LASIK:
Criação da lamella com o laser de Femtosegundo (técnica I-LASIK 100% laser)Criação da lamella com o laser de Femtosegundo (técnica I-LASIK 100% laser)

Ilustração I-LASIK:
(Nova técnica para criação do flap com laser de femtosegundo)I-LASIK (nova técnica para criação do flap com laser de femtosegundo)

LASIK: consiste na criação de uma

lamela (flap) para a posterior aplicação dos feixes de laser na parte central da córnea.

A lamela é criada com o auxílio de um aparelho chamado microcerátomo ou com laser de femosegundo.

LASIK tem como grandes vantagens a recuperação visual muito rápida, com mínimo desconforto pós-operatório.

PRK: Consiste na remoção da camada mais superficial da córnea (epitélio) e subsequente apliação dos feixes de laser.

O PRK tem como grande vantagem o altíssimo nível de segurança, especialmente em paciente com córneas mais finas ou leves alterações em sua curvatura.

I-LASIK: Consiste na criação de uma lamela (flap) com o laser de femtosegundo para a posterior aplicação dos feixes de laser na parte central da córnea.

A diferença do I-LASIK para o LASIK convencional é que a lamela é criada com o laser.
Dessa forma, o I-LASIK adiciona mais segurança e precisão na confecção da lamela corneana.

Qual a marca de Laser utilizada na Laser Vision?

Na Laser Vision utilizamos oequipamento de Excimer Laser Zyoptix – Z100 (produzido pela companhia alemã Bausch&Lomb), equipado com os softwares Tissue Saving (para corneas finas), Zyoptix (para Cirurgia Personalizada) e Supra-Cor e Intra-Cor(para correção da presbiopia).

Recentemente foi adquirido o novo modelo de laser de Femtosegundo (VICTUS) da empresa alemã Technolas, utilizado para as técnicas de I-LASIK e Intra-cor.

Quanto tempo após a cirurgia posso retornar ao trabalho e atividades esportivas?

O tempo de retorno às atividades profissionais e pessoais depende da técnica utilizada. No LASIK a recuperação é praticamente imediata, enquanto no PRK a visão permanence embaçada principalemnte nos primeiros 3 dias.

Na cirurgia de LASIK já é possível retomar as atividades profissionais no dia seguinte da cirurgia, enquanto no PRK entre 3 a 7 dias. O retorno às atividades esportivas pode ser feito 1 semana após a cirurgia.

Quais as novidades técnicas?

Laser de Femtosegundo (Victus)
Ilustração - Laser de Femtosegundo (Victus)

O software “Tissue Saving” permite economizar até 30% do tecido a ser removido com o laser, sendo de grande utilidade para os pacientes que possuem a córnea mais fina. Além da segurança adicional, uma espessura corneana maior permitirá um eventual retratamento anos após a cirurgia inicial.

O software Zyoptix é utilizado para a Cirurgia Personalizada guiada pelo Wavefront. As novidades para a correção da presbiopia (ou vista cansada) são as técnicas Supra-Cor e Intra-Cor que permitem uma melhoria na visão de perto.

O Laser de Femtosegundo (VICTUS) da empresa alemã Technolas, permite a criação do flap com laser, tornando possível realizer a cirurgia LASIK 100% a laser. O laser de femtosegund é utilizado para as técnicas de I-LASIK e Intra-cor e apresenta como principal vantagema segurança e a reprodutibilidade.

O que é a cirurgia a laser personalizada?

A cirurgia personalizada consiste na correção dos erros refracionais de uma forma individualizada, oferecendo máxima precisão e uma melhor qualidade de visão.

Para a realização da cirurgia personalizada é feita uma análise de todas as aberrações do olho, através de um equipamente chamado “wavefront” ou aberrometro.

Em seguida, o conjunto de informações é transferido para o laser e utilizado no tratamento personalizado. A cirurgia personalizada proporciona uma visão com mais contraste, qualidade e nitidez em comparação com a cirurgia convencional.

Reoperações e correções de casos complexos

Recentes avanços técnicos têm permitido o tratamento com alto grau de sucesso, de pacientes submetidos à cirurgias prévias como:
Ceratotomia radial (antiga correção da miopia com bisturi) Transplante de córnea (que deixaram um alto grau de astigmatismo residual)

Grau residual após cirurgia de PRK ou LASIK Remoção de cicatrizes corneanas decorrentes de traumas ou cirurgias prévias.

As novas tecnologias disponíveis para casos complexos incluem:
• Cirurgia Personalizada guiada pela Topografia
• Cirurgia Personalizada guiada pela Aberrometria
• Cirurgia Personalizada guiada pela Asfericidade Corneana

Laser no modo Fototerapêutico com antimetabólito para remoção de cicatrizes.
Aplicação tópica de antimetabótitos.

Implante de anel intra-corneano com laser de femtosegundo para correção de ectasias corneanas.
Cross-linking corneano para casos de ceratocone e ectasia corneana.

Correção de Altos Graus de Miopias

Ilustrações - Cirurgia de Implante de Artisan e Cachet

Cirurgia de Implante de Artisan e Cachet Cirurgia de Implante de Artisan e Cachet

A correção a laser da miopia é considerada segura somente até o limite máximo de 10 a 12 dioptrias.

A partir desse grau, outras técnicas são consideradas mais eficientes e seguras, como o implante das lentes fácicas chamadas ARTISAN, ARTIFLEX ou CACHET.

Essas lentes são implantadas atrás da córnea, anteriormente ao cristalino (sem necessidade de pontos ou remoção do cristalino).

Uma vez implantada, a lente não precisa ser trocada e a miopia de até 25 graus pode ser corrigida.

A cirurgia é bastante simples e segura, sendo a lente implantada através de uma pequena incisão.

A cirurgia pode ser realizada somente com anestesia tópica, não havendo necessidade de internação e a recuperação visual é quase imediata.

Tal técnica já vem sendo realizada na Europa há quase 20 anos e os estudos a longo prazo vem confirmando sua segurança e eficácia nos altos míopes.

Cirurgia em pacientes com Córnea Fina

Cirurgia de Crosslinking para fortalecimento da córnea em pacientes com córnea finaIlustração: Cirurgia de Crosslinking para fortalecimento da córnea em pacientes com córnea fina.

A córnea fina consiste numa das principais contra-indicações para a realização da cirurgia a laser. Entretanto, a presença da córnea fina como fator isolado não representa contra-indicação absoluta para a cirurgia a laser.

Novos exames devem ser realizados conjuntamente com a paquimetria, como a análise da curvatura da córnea e a Tomografia de Córnea, permitindo a localização do ponto mais fino, paquimetria global (ou seja índice de afinamento em relação à periferia da córnea), medida separada da espessura do epitélio e do estroma, bem como os índices de irregularidade corneana.

Para casos de córnea fina, novas técnicas e softwares foram desenvolvidos com o objetivo de aumentar a segurança e eficácia do procedimento. A Ablação de Superfície Avançada (com uso de antimetabólitos), softwares para diminuir o consumo de tecido( como o Software Tissue Saving) e a nova técnica de fortalecimento da córnea (Corneal Crosslinking) permitem o tratamento de muitos casos previamente classificados como inoperáveis.

De qualquer forma, uma avaliação crieteriosa e detalhada deverá ser feita pelo seu medico para melhor orientação sobre o seu caso específico.

Quais os Tratamentos para a Presbiopia ou Vista Cansada?

Ilustrações:
Cirurgia de Correção da Presbiopia com a Técnica Intra-Cor

Cirurgia de Correção da Presbiopiacom a Técnica Intra-Cor Cirurgia de Correção da Presbiopiacom a Técnica Intra-Cor

A presbiopia, ou vista cansada, é a dificuldade de leitura para

perto que acomete todas as pessoas a partir dos 40 anos de idade. O início e a intensidade da presbiopia variam de acordo com a predisposição genética e frequencia de uso da visão de perto.

A maioria das pessoas recorre aos óculos de leitura para perto ou, caso necessário, os multifocais. Por outro lado, a cirurgia da presbiopia evoluiu muito nos últimos anos e já permite a redução significativa do problema.

Novas técnicas foram desenvolvidas incluindo:
- Mono visão avançada com Laser: onde um olho é corrigido para longe e o outro para longe e perto.
- Técnica Supra-Cor: onde os dois olhos são corrigidos para longe e perto
- Técnica Intra-Cor: onde os dois olhos podem ser corrigidos para longe e perto simultaneamente (com o novo laser de Femtosegundo)
- Técnica de Implante de Lentículas corneanas: onde uma lente de presbiopia é implantada na córnea.
A indicação de cada técnica deve levar em consideração as características e necessidades de cada paciente. Recomendamos uma detalhada avaliação com um cirurgião especialista para discutir os benefícios, limitações e, se possível, simular previamente a visão a ser atingida com a cirurgia.

A Laser Vision é um centro pioneiro na correção da presbiopia e os resultados tem sido extremamente satisfatórios.

Tratamento do Ceratocone

Pacientes com ceratocone apresentam a córnea fina e irregular (com a curvatura abaulada). Em decorrencia disso, geralmente apresentam miopia, astigmatismo irregular e visão distorcida.

Nesses casos o ceratocone deve ser tratado como prioridade. A nova técnica de crosslinking da córnea permite o seu fortalecimento, diminuindo as chances de progressão do ceratocone.

Em casos iniciais e selecionados, é possível se associar o crosslinking da córnea com a aplicação do laser para diminuir a irregularidade da córnea, bem como a miopia e o astigmatismo.

Para informações específicas sobre o ceratocone, consulte o site Tratamento Ceratocone no endereço: www.tratamentoceratocone.com.br

Informações e Dicas Antes de Realizar sua Cirurgia

1). Verifique se seu medico está devidamente cadastrado no Conselho Regional de Medicina.

2). Faça uma avaliação detalhada com um oftalmologista especialista no assunto (preferencialmente num centro especializado em cirurgia a laser).

3). Verifique se o laser a ser utilizado é de última geração.

4). Informe-se sobre atualizações e novidades de técnicas e softwares.

5). Profissionais ligados às instituições universitárias geralmente estão mais atualizados.



Copyrights 2006-2013 - Laser Vision - Cirurgia Laser - Todos direitos Reservados
Desenvolvimento site Site007.com.br